Como socializar cães e gatos?

 

Apresentando um novo gato ao cachorro residente

Tradicionalmente pensamos em cães e gatos como inimigos. Entretanto, embora eles possam ser cautelosos um com o outro inicialmente como desconhecidos, eles geralmente podem se dar muito bem.

Não há competição direta e, portanto, o gato e o cão podem se dar muito melhor do que um gato com outro gato. O sucesso na socialização exigirá a consideração de vários aspectos - a raça do cão, a idade e o adestramento do cão. As relações muito próximas entre cães e gatos são geralmente resultado de uma boa experiência inicial e socialização para ambas as espécies, mas isso pode ser conseguido com apresentações cuidadosas e pacientes.

Se o cão ou gato viveu com as outras espécies antes disso, isso ajudará o processo, já que eles provavelmente ficarão muito menos estressados ​​simplesmente pela presença de outro animal. Se você não tem certeza de como seu cão vai reagir, então você precisa tomar cuidado. Se você tem uma raça terrier ou caçadores, como um galgo, então pode ser muito mais impulsionado por seus instintos de caçar do que algumas outras raças.

  • Prepare o ambiente, colocando os itens do gato em locais elevados para que sirva de refúgio, a qualquer momento;

  • Passeie com o cachorro, faça uma longa caminhada para que não tenha tanta energia quando fizer a apresentação do novo gato;

  • Introduza-os usando uma caixa de transporte, proporcionamos um ambiente seguro, sem que um animal persiga o outro;

  • Acaricie os dois animais e troque mantinhas ou cobertores para que eles estejam familiarizados com o cheiro um do outro;

  • Deixe o cachorro farejar o gato pela grade, de forma tranquila, segurando-o pela guia;

  • Recompense o cão pela interação tranquila e o comportamento desejado;

  • A primeira vez que eles se encontrarem fora da caixa de transporte, certifique-se de que o cachorro esteja em uma guia e não possa perseguir o gato;

  • Certifique-se de que o gato pode acessar as caixinhas de areia, comida, água e locais de descanso sem ter que passar diretamente pelo cachorro, até que estejam relaxados na companhia um do outro.

  • Nunca deixe o cão e o gato sozinhos até que você esteja feliz que eles estejam seguros juntos

 

 

Apresentando um novo cachorro ao gato residente

 

Introduzir um novo cãozinho a um gato adulto pode ser difícil. Se o seu gato não tem experiência com cães, isso pode ser uma experiência um tanto angustiante.

A raça de cão escolhida também influenciará o relacionamento futuro. Terriers, galgos e outras raças designadas para perseguir pequenos objetos peludos devem ser evitadas. As raças que são tradicionalmente consideradas boas com crianças como o Labrador, o Golden Retriever ou o Cavalier King Charles Spaniel são provavelmente escolhas sensatas. Se o cão que você escolheu, ou seu gato, já tiver vivido com as outras espécies antes, isso ajudará o processo, já que eles provavelmente ficarão muito menos estressados ​​simplesmente pela presença de outro animal.

Um filhote de cachorro é mais fácil de trabalhar, pois eles são jovens e flexíveis ​​e logo se acostumarão à presença de outra espécie, tratando-a como apenas outro membro da família. No entanto, é provavelmente melhor seguir a recomendação acima das raças mais recomendadas.

Inicialmente, a casa precisa estar preparada para a chegada. Assegure-se de que há muitos locais altos onde o seu gato pode se afastar do cão ou do filhote. Você pode até querer considerar a colocação de um portão de cachorro ou de bebê, se a sua casa tiver vários andares, para dar ao seu gato o santuário do primeiro andar. Planeje com antecedência e comece a alimentar seu gato em uma área longe do local onde você pretende manter o cão para que ele se alimente tranquilamente.

Quando o novo cachorro ou filhote chega em casa, é aconselhável dar-lhe um local onde ele pode dormir e descansar e ficar em segurança quando não estiver por perto. Se você está introduzindo um cão adulto, a caminha pode ser usada para momentos de silêncio e para dormir. Tente colocar a caminha bem longe da rua ou à rota de saída normal do seu gato. Certifique-se de que as caixinhas de areia estejam localizadas discretamente e em áreas onde seu novo cachorro não poderá ir.

 

Demos mais dicas para esse processo nesse vídeo do nosso canal do Youtube:

 

 

 

Caso necessite de ajuda de um especialista em comportamento animal, entre em contato conosco aqui.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como manter seu gatinho seguro durante as comemorações de final de ano?

November 15, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes